quinta-feira, 18 de agosto de 2011

21 dias de Jejum - Obcecada


“Um dos fariseus convidou-o para comer com ele; e entrando em casa do fariseu, reclinou-se ã mesa. E eis que uma mulher pecadora que havia na cidade, quando soube que ele estava ã mesa em casa do fariseu, trouxe um vaso de alabastro com bálsamo; e estando por detrás, aos seus pés, chorando, começou a regar-lhe os pés com lágrimas e os enxugava com os cabelos da sua cabeça; e beijava-lhe os pés e ungia-os com o bálsamo.” Lucas 7:36-38
Pra Bíblia mencionar que essa mulher era uma pecadora, era porque ela era obviamente uma mulher cujos pecados eram expostos, provavelmente uma prostituta. Assim que eu li essa passagem, uma pergunta me veio à mente.
Como essa mulher conseguiu entrar na casa do Fariseu? Se ela não era bem-vinda, como ele conseguiu entrar? Eu posso estar errada mas é bem provável que ela conhecia muito bem aquela casa… mas o que eu quero falar é sobre o que ela fez naquele dia. Ela pegou o seu bem mais valioso e precioso e derramou aos pés de Jesus.
Naquela época as moças guardavam um vaso de alabastro com um óleo perfumado para o dia do seu casamento, o que era um dos dias mais importantes de suas vidas – lembre-se, as mulheres naquela época não podiam trabalhar ou se sustentar, elas dependiam totalmente do marido para cuidar delas. Agora, se essa mulher era uma ‘pecadora’, por que você acha que ela guardava o vaso de óleo perfumado? O dia do seu casamentpo era um sonho de contos de fadas com o qual ela não podia sequer sonhar, então esse vaso era tudo que ela possuía da época em que ainda era virgem, ainda era pura, ainda era como qualquer outra moça. Aqueles dias estavam no passado e ela sabia que nunca poderia voltar no tempo, mas pelo menos, algo ficou. Era especial assim pra ela.
Quando ela ouviu falar de Jesus e encontrou uma oportunidade de vê-Lo, ela imediatamente se lembrou da coisa mais valiosa que tinha. Ela não se achava tão valiosa quanto aquele vaso, ela não era mais a mesma, mas Ele podia mudá-la – ela pensou. ‘Se somente Ele me aceitar, eu sei que posso mudar.’
Ela lavou os pés de Jesus com suas lágrimas e os secou com seus cabelos, o que significava entrega total. Os pés de Jesus provavelmente não estavam muito limpos, pois naquela época as pessoas usavam sandálias e não haviam ruas direito… ela não se importou com quão sujo o seus cabelos ficariam, ela se importou com os pés que tocavam. Ela chorou, não porque se sentia triste mas porque finalmente havia encontrado um Homem que a aceitara.
E então ela encheu os pés de Jesus de beijos e os ungiu com o óleo perfumado. Ela decidiu fazer Dele aquele pelo qual ela tinha esperado desde que era uma menina, o marido que cuidaria dela.
Talvez você deveria considerar fazer o mesmo. Você pode até não ser conhecida pelos seus pecados mas você precisa Dele tanto quanto aquela mulher precisava. As vezes em que você se sente sozinha e gostaria de ter alguém que te amasse, você ainda não O ungiu com aquele óleo que tem guardado para aquela pessoa especial na sua vida. Jesus não tem sido suficiente pra você -  não que você não vá lutar pela sua vida sentimental, mas pense comigo, quais são as suas opções a não ser orar, fazer a sua parte e confiar em Deus? Ficar se preocupando vai te ajudar?
Tarefa de Pensar de hoje:
Abandone essa obsessão, derrame-a aos pés de Jesus e ouça Ele dizer: “A sua fé te salvou. Vá em paz.” Você terá a paz que nunca teve, você saberá que a sua vida está indo no caminho certo.
Fonte: Cristiane Cardoso

O que achou?

0 comentários :

Postar um comentário

Gostou do post? Comente. Ficarei muito feliz em saber sua opinião sobre essa postagem que preparei com muito carinho.