domingo, 2 de janeiro de 2011

Por que nunca trabalhei


Talvez vocês se perguntem: Porque uma pessoa tão cheia de vida e saúde nunca trabalhou? essa foi a pergunta que me fizeram no final do ano passado, quem me conhece sabe que sou de falar pouco, ainda mais quando se trata de vida pessoal. Desde pequena meu sonho sempre foi ser independente, trabalhar pra me manter, sem a ajuda da minha mãe, no entanto uma fatalidade mudou completamente o rumo da minha vida, logo quando completei 14 anos, minha avó que sempre foi uma mulher de fibra, sofreu um AVC, seguidas de quatro internações, lembro-me como se fosse ontem 16 de janeiro de 2005, foi muito difícil, pois minha avó cuidava de tudo, principalmente do meu tio que é  deficiente mental, eu na época morava em outra cidade, tive que me mudar para o município onde moro atualmente, desde então começou uma longa jornada que dura até hoje, deixei o sonho que tanto queria para trás, pra cuidar da minha avó e do meu tio, já que ela estava impossibilitada, lembro-me que quase perdi um ano letivo devido a tantas faltas que tinha por conta das consultas médicas da minha avó e do meu tio, mas sempre contei com a compreensão dos professores e com isso consegui terminar o ensino médio em 2008.
 Assim que conclui o 2º grau, já tinha em mente a carreira que queria seguir, entrar na universidade pra cursar Jornalismo, mas devido a impossibilidade de trabalhar resolvi, não ingressar na faculdade em seguida (2009), até porque minha avó estava comprometida com muitas consultas médicas, no qual em uma delas descobrimos algo mais grave a presença de um câncer no utero. 
Em 2010 mesmo sabendo das condições de saúde da minha avó, decidi entrar na faculdade sem estar trabalhando, com isso decidi vender trufas,  pra poder manter o curso, a principio foi muito difícil, pois me descobri tímida, e não conseguia vender com tanta vergonha, e pra completar ninguém da minha familia me apoiava, sempre que chegava em casa ouvia meus familiares dizendo:  "Não vai dar certo, nunca as pessoas vão te dar atenção, isso é uma vergonha e outras coisas mais;" mas com o objetivo de provar o contrário pra mim mesma decidi continuar, foi quando uma colega de classe me disse: "OU você VENDE ou para de ESTUDA!" foi quando tomei coragem  e sai pra oferecer pra algumas pessoas, muitos colegas da faculdade ao ver minha timidez me puxavam pra dentro das salas de aula e me ajudavam a vender, aos poucos fui me abrindo, chegou a ter dias que parei de vender apenas para chorar, pois apenas Deus sabia das dificuldades que estava enfrentando, além de não estar conseguindo pagar a universidade, não estava conciliando levar minha avó aos médicos, Então tive a idéia de começar a oferecer minhas trufas pelo twitter, onde em uma dessas o humorista e apresentador Tom Cavalcante, me respondeu pedindo pra ir ao estúdio, pois ele iria comprar, logo liguei na produção do programa onde  marcaram um dia pra ir lá, no dia combinado ele me recebeu super bem, a palavra de ânimo que me deu foi tamanha, que comecei a oferecer pra todas as pessoas que encontrava na rua, com isso consegui pagar a 1º parcela, que me deu muita força, hoje não sou mais tímida como antes, aprendi a me conhecer e enxergar  além, consegui terminar o 1º ano da faculdade e minha familia reconhece o meu esforço apesar de não ajudar financeiramente, mas a luta continua, pretendo dar continuidade aos estudos e ao tratamento da minha avó que nesse ano de 2011 começará a fazer Quimioterapia e Radioterapia, não será fácil, mas sei que Deus é comigo e vou vencer!

Karen Salvador


O que achou?

6 comentários :

  1. FILHA DE SEU BIU ( Fernanda Karla)3 de janeiro de 2011 17:07

    Nossa que história hein!
    Parabéns adorei.. continue assim. bj

    ResponderExcluir
  2. Caracas!!!! Vc realmente é uma mulher de fibra!!! Não desista não! passei quase o mesmo sufoco quem você passou! Hoje graças a Deus sou formada em ADM e estou fazendo um curso de MBA e ganho bem! Mas pq eu n desisti do meu sonho!

    Força, fé e ânimo!
    Deus sempre ajuda quem se dedica!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Karen parabéns viu amiga realmente vc é uma guerreia e tenho certeza de que tudo vai dar certo saiba que pode contar comigo para que precisar agora faremos um grande jornadas juntas e tenho certeza de que Deus vai nos abençoar para que sejamos grandes jornalistas no futuro.
    Que Deus te abenço,ilumine e te guarde para que vc tenha força para enfrentar os momentos de aflição.E que os momentos felizes sejam inesqueciveis para que possa se lembrar o quanto as pessoas tem orgulho de vc e o quanto deve lutar pelos seus objetivos
    Bjoos

    Day

    ResponderExcluir
  4. Não desista,não pare de crer...
    Os sonhos de Deus jamais vão morrer!

    ResponderExcluir
  5. Karen: vc mencionou sua avó, avô e tio; mas e os seus pais? o que eles fazem para ajudar? tente começar qq trabalho, como recepcionista, ou call center ou vendedora de loja; não demore para tomar essa decisão e daí acabar com sua vida; vc tem que ajudar sim, mas não é culpa sua; vc não resolverá tudo sozinha; e não fale para ninguém da família que está tentando trabalho até conseguir; depois que conseguir explique a eles que isso é o que ajudará a salvar a família; se forem contra, desconfie: conheço muitos casos de baixa auto-estima em familiares que têm por passatempo favorito tentar derrubar os jovens, bonitos, saudáveis e capazes de sua família; sinto falar assim, mas isso pode acontecer. Por isso siga em frente e construa a SUA vida.

    ResponderExcluir
  6. oi karen estou muito feliz em ter lido sua estoria de batalha e dor, mais tambem de fé, e vontade de ser alguem na vida, eu mim indentifiquei uma pouco com sua historia pois eu tambem vendo trufas em recife-pe e tambem tenho um irmão com deficiencia mental, e sei como é dificil quando tudo fica sobre nossas costas e a familia é daquelas que so sabem colocar você para baixo, mais " Deus nos coloca para cima" nunca duvide disso, e nesse momento em que escrevo essa mensagem para vc eu estou chorando mais é um choro de certeza de que eu,você e outras pessoas que estão passando pelos mesmos probemas irão vencer todas as barreiras que forem postas em nosso caminho, ô meus parabéns para ti não desiste não ta e não liga para o que os outros dizem, vai da certo sim, alias já deu certo, se vc quizer mim mandar uma e-mail com fotos das suas trufas eu posso tentar algumas encomendas aqui em recife e olinda, já imaginou vc exportando suas trufas "que xique!" se quizer tambem nos podemos trocar receitas e ideias. bom é isso boa sorte e se peacisar de mim para alguma coisa é só mim mandar um e-mai para(elidavson@bol.com.br) um abraço bjos. Fui!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir

Gostou do post? Comente. Ficarei muito feliz em saber sua opinião sobre essa postagem que preparei com muito carinho.