quarta-feira, 6 de julho de 2011

O sonho de Deus


Se você pensa que o Todo-Poderoso não tem sonhos, está muito equivocado.
Se Ele não tivesse sonhos, jamais teria sacrificado Seu Único Filho.
E por que o fez? Que sonho ou vontade O teria motivado a sacrificar?
O sonho de resgatar a humanidade; de salvar pessoas do inferno; de transformá-las na Sua própria glória. Isto é, refazê-las, por meio do Seu Espírito, novas criaturas, seres segundo a Sua imagem e semelhança – verdadeiramente, filhas de Deus.
Deus, pela boca de Seu servo Asafe, com uma linguagem poética, recheada do sentimento mais profundo, como um sonhador humano, como o náufrago que anela socorro, como a abelha anseia pelo mel, assim Ele, o Senhor dos senhores, aspira com ternura trazer de volta Sua criatura. Esse é o Seu sonho.
Ah!...
Quantas vezes usamos tal palavra para iniciar um desejo de realização da alma?
Ah! Se eu ganhasse na loteria…
Ah! Se eu pudesse e o meu dinheiro desse…
Ah! Se eu encontrasse alguém para me fazer feliz…
Ah! Se isto ou aquilo.
É justamente nesse sentido que o Senhor exprime Seu sonho.
“Ah! Se o Meu povo Me escutasse, se Israel andasse nos meus caminhos! Eu, de pronto, lhe abateria o inimigo e deitaria mão contra os seus adversários… Eu o sustentaria com o trigo mais fino e o saciaria com o mel que escorre da rocha.” Salmo 81.13-16
Mas, ao invés disso, Ele tem sofrido afrontas por conta da rejeição à Sua voz.

Bispo Macedo
O que achou?

0 comentários :

Postar um comentário

Gostou do post? Comente. Ficarei muito feliz em saber sua opinião sobre essa postagem que preparei com muito carinho.