sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Controle sua Língua - Parte 2



A Língua Manipuladora – os manipuladores usam suas manhas, envolvem os demais com palavras mansas para alcançar seus objetivos e tirar vantagem. Empregam táticas indiretas para obter informação ou influenciar a outra pessoa.
Sempre atuam como se fossem vitimas. Normalmente usam estas palavras: “Posso conseguir que ele(a), faça qualquer coisa..”
São muito perspicazes para conseguir o que querem.
“Então ela lhe disse: Como dizes que me amas, se não esta comigo o teu coração? Já três vezes zombaste de mim e ainda não me declaraste em que consiste a tua grande força.” Juízes 16:15
A Língua precipitada – Quantas vezes ofendemos alguém por atuar de modo precipitado? Claro, pode ser de forma inocente para agregar humor a situação, mas não deixa de ser desagradável. Quando falamos sem pensar, no geral, acabamos por nos arrepender do que dissemos, mas é demasiado tarde pois não ha como retroceder as palavras ditas.
Também responder de forma precipitada não é bom, devemos pensar antes de responder e terminar de escutar a pergunta.
Outro exemplo, seria comprometer-se precipitadamente, pois trás mas conseqüências. Nunca prometa algo que não pode cumprir.
“Tens visto um homem precipitado nas suas palavras? Maior esperança ha para o insensato do que para ele.” Provérbios 29:20
A Língua que Divide - muitas pessoas utilizam a sua língua para causar divisão e inimizades. Gostam de contar o que não devem com a única intenção de causar problemas e inclusive separar grandes amigos.
Talvez quer ganhar o favor dessa pessoa parecendo leal por denunciar ao que é mau, ou então pode estar comunicando seus próprios sentimentos acerca dessa pessoa, á custa de terceiros.
“ Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”
Mateus 5:9

Fonte: Tania Rubim
O que achou?

0 comentários :

Postar um comentário

Gostou do post? Comente. Ficarei muito feliz em saber sua opinião sobre essa postagem que preparei com muito carinho.