segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A mulher Invisível

Já me senti invisível, a principio me sentia como um nada, mas com o passar do tempo fui aprendendo a apreciar a invisibilidade, pois por mais que ninguém valorize tudo que faço, sei pra quem tenho feito!

Vejam depoimento em vídeo:


Karen Revolta
O que achou?

0 comentários :

Postar um comentário

Gostou do post? Comente. Ficarei muito feliz em saber sua opinião sobre essa postagem que preparei com muito carinho.